Você está aqui: Página Inicial / Pesquisa / Histórico da Pesquisa no IQB

Histórico da Pesquisa no IQB

As atividades de pesquisa do Instituto de Química e Biotecnologia da UFAL iniciaram-se em 1975, na área de Química de Produtos Naturais, com atividade regular no estudo de plantas medicinais, plantas como fonte de substâncias básicas para síntese de produtos de interesse industrial/comercial, uso de metabólitos secundários para a proteção de colheitas, no aproveitamento de plantas como substrato de reações eletroquímicas e microbiológicas, entre outros.

Ao longo dos anos, outras áreas foram se desenvolvendo, seguindo-se uma política planejada de formação de recursos humanos em áreas de fronteira, principalmente da Química Orgânica, assim como aderentes às necessidade do desenvolvimento regional/nacional, com apoio sistemático do RHAE/CNPq - Química Fina e Biotecnologia e CAPES.

Hoje, o IQB pode ser considerado atuante em relação à Química de Produtos Naturais em seus vários aspectos, Eletroquímica, Síntese Orgânica e Cristalografia de Raios X. A área de Biotecnologia vem sendo reforçada sistematicamente pela chegada de novos doutores e ampliação das linhas de pesquisa. Áreas de pesquisa em Química Organometálica, Inorgânica, Analítica e Oleoquímica também estão sendo implementadas no Instituto.

A experiência de interdisciplinaridade, geralmente difícil em universidades de maior porte, tem sido bem trabalhada no IQB/UFAL, haja vista o conteúdo de suas dissertações, de modo geral, associando áreas ou linhas de pesquisa.

Em relação à UFAL, pode-se dizer que a Química foi pioneira em relação ao desenvolvimento da pesquisa e, atualmente, é responsável pela grande parte da produção científica e formação avançada de profissionais da UFAL, através do Programa de Pós-Graduação em Química e Biotecnologia (PPGQB).

O Curso de Doutorado, iniciado em março de 2000, está sendo consolidado, tendo recebido conceito 4 anterior à própria instalação.