Você está aqui: Página Inicial / Informes / Instituto de Física nos Jogos Internos UFAL 2018
16/10/2018 10h38 - Atualizado em 16/10/2018 14h00

Instituto de Física nos Jogos Internos UFAL 2018

Instituto de Física nos Jogos Internos UFAL 2018

Relato do estudante Ivo Silva Neto (Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física) sobre a participação do Instituto de Física nos Jogos Internos da UFAL de 2018.

 

"Durante os meses de setembro e outubro deste ano ocorreram os Jogos Internos da UFAL (JIUFAL) em que foram disputadas diversas modalidades, desde do Xadrez ao Badminton.

Mais do que representar o curso, foi necessário realmente levar a sério o lema dos jogos: os jogos da integração. Para compor as diversas modalidades e não deixar desamparado modalidades em que existem ex-atletas em nosso corpo discente, muitos se voluntariaram para completar as modalidades. Esses voluntários faziam parte dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Física e também dos programas de mestrado, englobando quase todos os cursos do Instituto de Física.

Desta forma, contrariando todas as expectativas, fomos a guerra! Primeiro no golpost, depois no basquete, nossa jornada começou com muito mais risadas do que vitórias, lutando para que pudéssemos jogar, e não perder por WO. Forte organização fora dos limites do campo.

Também tivemos lutas individuais, no xadrez e no Badminton, com Denílson e Giovanni e Danilo respectivamente. 

Nossa jornada seguiu com o voleibol e posterior futebol de campo, em que conseguimos nosso primeiro resultado positivo conta a equipe do COS – Comunicação Social, um empate em 0 x 0.

Nossa trajetória no campo foi encurtada devido a um sorteio, em que perdemos para o COS por uma moeda, uma vez que a UFAL- Sertão não compareceu aos jogos.

Seguimos nossas trajetórias, veio o dia da natação, em que os alunos-atletas Lucas Alpino e Nelson Nunes foram à piscina e conquistaram as primeiras medalhas da física nos jogos, 04 medalhas de prata nas provas do 400m livre, 100m peito, 50m peito e 50m borboleta.

No último final de semana dos jogos foi o FUTSAL, modalidade em que conseguimos voltar a vencer nas modalidades coletivas, as primeiras foram no Golpost. Foi nessa modalidade também que conseguimos ter dois times inscritos.

Pela manhã jogaram a equipe da Física A, que venceu as equipes de  Administração e Farmácia pelos placares de 7x2 e 3x1 respectivamente, classificando com a quarta melhor campanha da primeira fase.

A tarde foi a vez da Física B, que começou bem o torneio e venceu o time principal da Administração por 2x1. Mas no último jogo do dia, como um roteiro de drama, perdeu o segundo jogo por 2x1 para Geografia, no último lance do jogo, em que o empate também classificaria o time. Mas o sonho da primeira medalha coletiva acabou no domingo, no mata-mata. Física perdeu para a UFAL-Sertão por 3x1 e deu adeus a o sonho da conquista. 

Apesar da derrota, o que ficou foi a capacidade de se organizar ainda mais como equipe, congregar diferentes pensamentos em prol de causas mais nobres que a vitória, que é o compromisso com o companheiro, participar e competir, sem desanimar nunca, respeitando os adversários para ser respeitados, saindo sempre de cabeça
erguida. Muito fácil é sorrir na vitória, mas sorrir na derrota é a prova que o esporte é maior que isso.
'Não só de fórmula viverá o físico.' "