Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação / Mestrado em Antropologia Social / Revista Mundaú - Chamadas abertas

Revista Mundaú - Chamadas abertas

Revista Mundaú

Revista Mundaú

n.7 - Dossiê: Religião, saúde e corporalidades

Silvia Aguiar Carneiro Martins (PPGAS/UFAL), Isabel Santana de Rose (PPGAS/UFAL) e Rodrigo Ferreira Toniol (PPGAS/Unicamp) - Organizadores.

 

Prazos: Estaremos recebendo contribuições até 30 de junho de 2019, com previsão de publicação em dezembro de 2019.

 

Ao mesmo tempo que a discussão sobre as relações entre religião, saúde e corporalidade constitui um dos debates mais clássicos da antropologia, este tema continua presente na agenda da disciplina, relacionado com questões etnográficas, teóricas e metodológicas contemporâneas. Entre essas temáticas, encontra-se a problematização de conceitos e dicotomias como aquelas entre corpo e mente ou corpo e espírito, e entre religião e política ou religião e ciência. Outro debate atual, especialmente relevante no campo da antropologia da religião, diz respeito a como lidar com os afetos vivenciados durante a pesquisa de campo, e as relações entre experiência pessoal e produção do conhecimento científico. Em conexão com essas e outras discussões, vários trabalhos contemporâneos vêm refletindo sobre como produzir descrições que possibilitem levar a sério as teorias etnográficas e suas possibilidades de colocar em risco e desestabilizar o conhecimento acadêmico. 

Tomando como referência essas considerações, esse dossiê pretende reunir artigos que abordem religiosidade, cura, saúde, doença e corporalidade em diferentes contextos etnográficos. Também temos interesse em textos que enfoquem os aspectos estéticos, sensoriais e performáticos presentes nas experiências religiosas. Somado a isso, a chamada engloba contribuições interdisciplinares, especialmente aquelas que estabeleçam diálogos com a área da saúde.

 

n.8 - Dossiê: Processos identitários, territórios e tradições de conhecimento

Claudia Mura (PPGAS/UFAL) e Edviges Marta Ioris (UFSC) - Organizadoras. 

 

Prazos: Estaremos recebendo contribuições entre junho e dezembro de 2019, com previsão de publicação em julho de 2020.

 

Os processos identitários étnicos e territoriais têm sido foco de significativo interesse da antropologia, especialmente dos pesquisadores e pesquisadoras que alimentam os debates acerca dos conflitos que os permeiam, da ação de Estado e das dinâmicas organizacionais políticas e culturais dos grupos sociais neles envolvidos.

Na mesma direção, as dinâmicas da organização social do conhecimento, que marcam tais processos, também têm recebido crescente atenção. Atribui-se cada vez mais importância às bases articuladoras dos grupos étnicos, às identidades e às variações que se apresentam no gerenciamento, distribuição e hierarquização do conhecimento e que, em diferentes contextos históricos e políticos, definem específicas relações de poder.

Considerando a importância desses investimentos de pesquisa, este dossiê visa reunir artigos que abordam os processos de mudança social, política e econômica (incluindo-se os efeitos de políticas públicas) que vivenciaram e vivenciam os grupos que se diferenciam etnicamente. Serão bem-vindas contribuições que analisam a elaboração de tradições de conhecimento, transformação de cosmologias e de manifestações simbólicas, bem como de quadros morais que orientam as experiências individuais e coletivas no estabelecimento e gerenciamento das relações intra e interétnicas. Serão também bem-vindos artigos resultados de pesquisas etnográficas e históricas que abordam as unidades sociopolíticas em diferentes escalas ―famílias, linhagens, associações entre outras― e que analisam a forma como estas alianças se efetivam no tempo e no espaço extravasando ou não o recorte territorial étnico, assim como as variações que apresentam na elaboração e sistematização dos fluxos culturais oriundos de diferentes tradições de conhecimentos.

 

Clique para Submissões e outras informações

 

Anteriores:

n.1 - Direitos diferenciados, conflitos e produção de conhecimentos

n.2 - Desafios e Dilemas da Ética em Pesquisa nas Ciências Humanas

n.3 - Antropologia e Imagem: Produções, acervos e coleções etnográficas

n.4 - Etnologia Indígena: Interfaces e diálogos do conhecimento

n.5 - Cidades Comparadas: estudos em contextos urbanos contemporâneos

Próximos números:

n.6 - Interfaces contemporâneas entre saúde e família.

n.7 - Religião, saúde e corporalidades.

n.8 - Identidades, territórios e tradições de conhecimento. 

 

Confira também nossas seções Artigos, Debates, Resenhas e Encarte Visual que recebem contribuições em fluxo contínuo.