Você está aqui: Página Inicial / Informes / Professores do ICS UFAL Tornam-se Comendadores da Cidade de Maceió-AL
26/04/2019 17h00 - Atualizado em 26/04/2019 16h23

Professores do ICS UFAL Tornam-se Comendadores da Cidade de Maceió-AL

Os professores Bruno Cesar Cavalcanti e Rachel Rocha de Almeida Barros tornam-se comendadores da cidade de Maceió-AL

A cerimônia de posse ocorreu nesta manhã, dia 25 de abril de 2019, na Câmara de Vereadores da Cidade. Os professores foram premiados com a Medalha Tia Marcelina, outorgada a pesquisadores que investigam ações relacionadas à valorização do legado afro-alagoano.

 

O Prof. Bruno é bacharel e licenciado em ciências sociais (1983), especialista (1986) e mestre em antropologia (1997) pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente, doutorando em Etnologia e Antropologia Social pela EHESS, na França. É professor da Universidade Federal de Alagoas desde 1986 e participou da história de construção do Instituto de Ciências Sociais – ICS UFAL. É membro co-fundador do Laboratório da Cidade e do Contemporâneo (LACC/ICS/UFAL). Entre os seus temas de interesse estão os eventos festivos de massa, os usos e as representações sociais psicoativos, as culturas populares, dentre outros.

 

Atuou em projetos do Sistema SEBRAE em cooperação técnica da Universidade Federal de Alagoas nas interrelações entre economia e cultura. É coautor das pesquisas e dos textos que resultaram em trabalhos publicados como "Caderno de Instruções do Bordado Filé" (2016), "Indicações Geográficas Brasileiras - artesanato" (2016), "Iconografia Alagoana" (2011) e "Mapeamento Cultural. Cidades Históricas de Marechal Deodoro, Penedo e Piranhas: caminhos turísticos de Alagoas" (2009); e autor de artigos acadêmicos e de matérias para revistas e jornais abordando, entre outros, temas como cultura e mercado, cultura popular e artesanato, carnaval, bumba-meu-boi, maracatu e o bordado filé. Organizou e co-organizou livros e coordenou, de 2011 a 20015, o "Mugunzá Cultural", programação mensal de atividades de extensão da Universidade Federal de Alagoas que consistiu na série de conferências abertas ao público em torno das culturas populares de Alagoas, no Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore.

(Fonte: Lattes CNPq)

 

A professora Rachel Rocha também participou da história de construção do Instituto de Ciências Sociais – ICS UFAL e atua na Universidade Federal de Alagoas desde 1996. É doutora em Antropologia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS, 2007) de Paris, França, mestre em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, 1994) e bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL, 1986). Atua como professora efetiva no Instituto de Ciências Sociais (ICS) da UFAL, onde leciona, mantém atividades de pesquisa, extensão e orientação a estudantes de graduação e de pós-graduação e coordena o Laboratório da Cidade e do Contemporâneo (LACC). Sua principal área de interesse é a Antropologia do Contemporâneo; nesta perspectiva, trabalha com Memória e Identidade Cultural, Patrimônio Imaterial e Processos de Patrimonialização (registros de bens imateriais e Indicações geográficas) e Cultura Afro-Brasileira. Incluem-se nesse rol de interesses e de atuação as áreas da História e da Cultura de Alagoas. Desde 2009 vem realizando traduções (do francês para o português) de obras na área das Ciências Sociais junto à Editora da Universidade Federal de Alagoas. Já foi diretora do Instituto de Ciências Sociais e Vice-Reitora da Ufal. (Fonte: Lattes CNPq)

 

 

Currículo Lattes do Prof Bruno Cesar Cavalcanti: http://lattes.cnpq.br/9795548337687142

Currículo Lattes da Profa. Rachel Rocha Barros de Almeida: http://lattes.cnpq.br/5324281252847854