Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação / Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação / Área de Concentração e Linhas de Pesquisa

Área de Concentração e Linhas de Pesquisa

 

Área de Concentração : Informação, Tecnologia e Inovação

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação atua na área de concentração informação, tecnologia e inovação buscando possibilitar uma inter-relação entre conceitos, teorias, metodologias, instrumentos e processos que condicionam a construção de redes de informação e sua dinâmica no fluxo informacional em diversas esferas sociais e culturais.


O domínio dinâmico dos processos de mediação é o campo onde se inter-relacionam informação, tecnologia e inovação, de modo a possibilitar, ao mesmo tempo, a assimilação da informação e a produção de novos conhecimentos com o concurso da inovação tecnológica. A área de concentração busca contribuir para a compreensão do fenômeno informacional, bem como dos processos e tecnologias que o envolvem a partir de uma abordagem multidisciplinar e integrativa.


Ao procurar abordar de forma integrada essas três grandes categorias, a área de concentração se fundamenta na denominada equação fundamental da Ciência da Informação. Se, por um lado, a definição desse espaço epistemológico permite diferentes abordagens interdisciplinares no campo informacional, por outro exige maiores esforços na compreensão e na integração desses elementos, no processo informacional.


A mediação torna-se relevante, nesta proposta, como construto teórico-metodológico imprescindível aos diferentes processos informacionais e tecnológicos, desde a produção ao uso da informação. Com efeito, a mediação é compreendida como um conjunto de ações que têm como finalidade intervir, constitutivamente, nos processos informacionais e tecnológicos. A variável tecnológica se encontra, por conseguinte, como um ponto crítico nas ações de mediação, que carece de mais estudos que tenham por finalidade aproximar essas duas temáticas, influentes nas respectivas áreas, no campo da Ciência da Informação.


A apropriação social da informação e da tecnologia tem como base as dinâmicas de invenção e reinvenção que promovem os processos inovativos fundamentais ao desenvolvimento social, político, econômico e cultural, em diferentes contextos. Atuar nesse complexo requer, portanto, observar o contexto de produção, políticas, estratégicas, tecnologias e processos que possibilitem, em última análise, o uso efetivo de informação para gerar recursivamente conhecimento e inovação. 

 

Linha de Pesquisa 1: Produção, Mediação e Gestão da Informação

A linha de pesquisa comporta estudos epistemológicos, científicos e pragmáticos sobre políticas, processos, procedimentos, atividades, teorias e metodologias que integram o fluxo de informação no continuum da produção, mediação e gestão da informação, considerando os contextos socioculturais local, regional, nacional e transnacional.

Aborda temáticas como cultura informacional, gênese da informação, competência em informação, políticas de informação, instituições de memória, organização da informação, disseminação da informação, direito à informação, democratização da informação, apropriação e uso da informação.

Estudos realizados nesta linha deverão considerar as políticas, as fontes, os fluxos, os canais e as competências, que compõem os processos de produção, mediação e gestão da informação, organizados em dois eixos temáticos, a saber:

Eixo temático 1: Programas, políticas e gestão da informação e do conhecimento;

Eixo temático 2: Produção, organização e disseminação da informação, cultura e memória.

O primeiro eixo temático estabelece estratégias e diretrizes que combinam programas, políticas e gestão da informação associados à produção do conhecimento, de modo a interagir com o binômio Estado e Sociedade, no plano da institucionalização da informação. Neste sentido, as mediações se tornam elos necessários dessas cadeias, e/ou redes de informação, na medida em que seus agentes desempenham papéis diferenciados correspondentes às suas respectivas esferas de atuação a partir de dimensões micro e macro temporais e espaciais.

O segundo eixo temático compreende fluxos, produção, organização e disseminação da informação, cultura e memória, bem como a contextualização e a fundamentação de elementos que compõem a mediação da informação como elo de aglutinação e inclusão a partir de uma realidade marcada pela diversidade. Assim, opera com a capacidade de tornar possível a ponte entre Informação e Conhecimento, no plano de uma relação ininterrupta que responde pela dinâmica da produção do conhecimento, de modo concomitante à necessidade e ao direito à informação.

Docentes vinculados à Linha de Pesquisa 1: Andrew Beheregarai FingerEdivanio Duarte de SouzaIsa Maria FreireLuciana Peixoto Santa RitaMarcos Aurélio Gomes e Maria de Lourdes Lima.

  

Linha de Pesquisa 2: Informação, Comunicação e Processos Tecnológicos

 A linha de pesquisa comporta estudos interdisciplinares, teóricos e pragmáticos sobre política, processos, procedimentos, atividades, teorias e metodologias que integram a rede sociotécnica entre informação, comunicação e processos tecnológicos, considerando os contextos sociais local, regional, nacional e transnacional.

Aborda temáticas como o papel das tecnologias de informação e comunicação nos processos inovativos, os sistemas de informação em ciência, tecnologia e inovação, os regimes de informação em processos inovativos, os atores e ações de informação no desenvolvimento de inovações, comunicação científica, métricas e indicadores da informação em ciência, tecnologia e inovação, gerenciamento de dados de pesquisa científica, aplicações tecnológicas no desenvolvimento e consolidação da ciência aberta e do acesso aberto, apropriação e transferência tecnológica, monitoramento, análise e visualização da informação em ambientes digitais, governança eletrônica, dados abertos, democracia digital e acesso à informação, arquitetura da informação, bases de dados, redes e sistemas de informação científica e tecnológica.

Estudos realizados nesta linha de pesquisa deverão considerar as propriedades e os atributos da tecnologia da informação e da comunicação na produção, manutenção, ampliação e promoção dos diferentes processos e ativos inovativos. De modo mais preciso, trata-se de contemplar os diferentes processos tecnológicos e de inovação que condicionam o tratamento, a organização, a gestão e o uso da informação, organizados em dois eixos temáticos, a saber:

Eixo temático 1: Tecnologia, Inovação e Sociedade;

Eixo temático 2: Informação em Ciência, Tecnologia e Inovação.

O primeiro eixo temático compreende pesquisas voltadas para inovação tecnológica e social: teorias, modelos e métodos, olhar sobre o impacto social do sistema de Ciência, Tecnologia & Inovação (CT&I) em escala local, regional e nacional; a democratização da informação no contexto da governança eletrônica e dos dados abertos; empreendedorismo social e sustentável; economia solidária e inovação social; núcleos de informação tecnológica.

O segundo eixo temático consiste na concentração de estudos relacionados aos sistemas de comunicação científica, divulgação científica, indicadores e fatores de impacto, avaliação de produtos da ciência, métricas tradicionais e alternativa, gestão de dados de pesquisa, bases de dados, redes e sistemas de informação, monitoramento, análise e visualização da informação.

Docentes vinculados à Linha de Pesquisa 2: Eliana Silva de AlmeidaFrancisca Rosaline Leite MotaIbsen Mateus Bittencourt Santana PintoMagnólia Rejane Andrade dos SantosNelma Camêlo de Araujo e Ronaldo Ferreira de Araujo.