Você está aqui: Página Inicial / Pesquisa / Grupos/ Núcleos

Grupos/ Núcleos

Dinâmica da Atmosfera e Clima - DINAC
Grupo de pesquisa liderado pelo Prof. Dr. Helber Barros Gomes. O objetivo principal do grupo é entender a variabilidade da atmosfera para melhor interpretar e prever as mudanças no tempo e clima. Para atingir este fim, utilizamos múltiplos tipos de dados: observações, satélites, reanálises, modelos regionais e globais nas escalas de tempo e clima. O foco da pesquisa consiste: (i) dinâmica da atmosfera: análises de sistemas meteorológicos que vão desde a mesoescala até a escala planetária e divide-se em dois temas: interações de grande escala e dinâmica do sistema de tempo; (ii) modelagem numérica: avaliar as incertezas e probabilidade de mudanças no clima, variabilidade atmosférica e oceânica e eventos extremos, além da determinação das fontes e crescimento de erros dentro dos modelos numéricos.
Micrometeorologia
Grupo de pesquisa liderado pelo Prof. Dr. Roberto Fernando da Fonseca Lyra, que conta com vários projetos na área em destaque para estudos envolvendo Energia Eólica, Termodinâmica e Camada Limite Atmosférica sobre a floresta Amazônica, entre outros. O grupo conta ainda com alunos de iniciação científica, mestrado, e pós-doutorado.
Modelagem Atmosférica
O objetivo principal do nosso laboratório é oferecer produtos obtidos através de modelos atmosféricos aos alunos, professores e demais interessados, no uso destas ferramentas na análise e identificação dos fenômenos meteorológicos atuantes na área de estudo.
Poluição Atmosférica
Em manutenção
Recursos Hídricos
Em manutenção
Meteorologia Sinótica e Física
O grupo esta trabalhando na área de Meteorologia Física e Sinótica e está elaborando a pesquisa sobre processos físicos da atmosfera e dos processos sinóticos no Estado de Alagoas. Atualmente o grupo está trabalhando no projeto sobre “Desenvolvimento de métodos para previsão a curto prazo dos fenômenos meteorológicos adversos que afetam a economia do Estado de Alagoas”. A líder do grupo publicou em 1999, 2001 e 2008 seis livros de Meteorologia Sinótica. É importante ressaltar que estes livros são os primeiros da área de Meteorologia Sinótica publicados em português.
Sensoriamento Remoto
O grupo de pesquisa conta com a participação dos professores Heliofábio Barros Gomes, Humberto Alves Barbosa, Ricardo Sarmento Tenório. Criado com o seguinte objetivo: Analisar e processar imagens de satélites e radar meteorológico através de software especializados, fornecendo subsídios necessários para o desenvolvimento das atividades de ensino e pesquisa, da disciplina de Sensoriamento Remoto.
Biometeorologia
Em manutenção
Estatística Aplicada à Meteorologia
Grupo de pesquisa liderado pela Profª. Drª. Djane Fonseca da Silva.
Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS)
Grupo de pesquisa liderado pelo Prof. Dr. Humberto Alves Barbosa http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2442008002450881
Sensoriamento Remoto da Atmosfera
Grupo de pesquisa liderado pelo Prof. Dr. Heliofábio Barros Gomes APRESENTAÇÃO O Laboratório de Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento Aplicado (SENSORGEO) trabalha com o levantamento e o monitoramento da cobertura vegetal, do uso da terra e dos solos, com estimativas: radiância, temperatura da superfície, albedo da superfície, saldo de radiação, fluxo de calor no solo, fluxo de calor latente, balanço de energia e evapotranspiração, além da análise da dinâmica da cobertura vegetal e do uso da terra, utilizando produtos e técnicas de sensoriamento remoto e geoprocessamento. SERVIÇOS PRESTADOS Atualmente, o Laboratório de Sensoriamento Remoto oferece os seguintes serviços: Levantamento (Identificação, Classificação, Mapeamento e Quantificação) e Análise da dinâmica da Cobertura Vegetal e do Uso da Terra; Levantamento (Identificação, Classificação, Mapeamento e Quantificação) dos Solos; Mapeamento de áreas degradadas através de imagens satélites; OBJETIVOS * Aplicar métodos e técnicas de sensoriamento remoto na pesquisa geográfica e na análise do planejamento ambientais; * Utilizar o conhecimento teórico-metodológico produzido pelas atividades de ensino e pensamentos temáticos e textos; * apoio instrumental aos cursos de graduação e pós-graduação na área de Meteorologia, Ciências Ambientais e Sensoriamento Remoto; * Desenvolver técnicas automatizadas para a inter-análise digital; LINHAS DE PESQUISA - Aplicação de técnicas de sensoriamento remoto na análise das alterações ambientais; - Monitoramento do uso e ocupação do solo; - Avaliação de impacto ambiental em áreas urbanas, rurais e áreas preservadas; - Desenvolvimento e aplicação de metodologias para elaboração de estudos de avaliação de impacto ambiental e do planejamento físico-territorial.