Você está aqui: Página Inicial / Informes / Professores do IC falam sobre a importância da Impressão 3D como ferramenta pedagógica e de pesquisa
28/04/2015 10h13 - Atualizado em 28/04/2015 10h20

Professores do IC falam sobre a importância da Impressão 3D como ferramenta pedagógica e de pesquisa

Impressora uPrint SE Plus instalada no LCCV

Desde 2013 a Universidade Federal de Alagoas conta com uma impressora 3D uPrint SE Plus instalada no Laboratória de Computação Científica e Visualização (LCCV), adquirida com fundos oriundos de projetos da área de Engenharia. Contudo, esta impressora vem mostrando grande utilidade para áreas além da Engenharia, como a Saúde.

Em matéria lançada recentemente (dia 22/04/2015), as aplicações desta impressora na área de odontologia foram destacadas. Dois professores do IC - Marcelo Oliveira, que atua também no Hospital Universitário da UFAL como chefe de pesquisa e inovação tecnológica, e André Luiz Lins de Aquino, líder do grupo de pesquisa SensorNet  - destacaram a importância para a pesquisa e para o ensino na universidade, providos por este equipamento.

O professor Marcelo Oliveira comenta sobre sua importância para os estudos na área de anatomia humana: "Há uma burocracia muito grande no que diz respeito à utilização de cadáveres como instrumento de ensino na UFAL, é raro recebermos corpos e, quando isso acontece, temos que lidar também com problema que é armazená-los. Outro ponto importante é que eles se deterioram ao longo do tempo. Ao confeccionar os modelos impressos, temos um ganho enorme para a área pedagógica na instituição, o estudante pode manusear a prótese com uma facilidade muito maior, e o armazenamento dela não nos requer nenhum grande esforço."

O professor André de Aquino, como viabilizador do uso da impressora, destaca que a impressora está disponível para uso de outros cursos da UFAL que possam estar interessados: "Vários estudantes já viram outras possibilidades através do equipamento. É importante que aumentemos nossa produtividade para que os projetos desenvolvidos em Alagoas não fiquem apenas no Estado".

A matéria completa pode ser lida na edição do dia 22/04/2015, da Gazeta de Alagoas, no caderno Digital, e através do link: http://gazetaweb.globo.com/v2/miniatura_generica.php?foto=/gazeta/Imagens/Pre04220415.jpg&l=620&a=250.