Apresentação

A opção pelo tema Cidade tema  parte da compreensão de que o Nordeste participa do Brasil que se torna urbano de forma acelerada e em grandes proporções. Se no mestrado adotou-se como área de concentração: Dinâmicas do Espaço Habitado, compreendendo a experiência do habitar nas suas distintas manifestações objetivas, no doutorado tal experiência continuará sendo contemplada, através das cidades no consórcio das suas dimensões múltiplas e inter-relacionadas.

Pensar cidades significa compreendê-las como fenômeno contemporâneo indubitável. Como meta, mas também como descoberta, a cidade é a referência mais contundente do espaço habitado nos dias de hoje.  A opção por este tema no âmbito histórico e geográfico da Região Nordeste parte da compreensão de que esta participa do Brasil que se torna urbano de forma acelerada e em grandes proporções.

 Se no mestrado adotou-se como área de concentração: “Dinâmicas do Espaço Habitado”, compreendendo a experiência do habitar nas suas distintas manifestações objetivas, no doutorado tal experiência continuará sendo contemplada, através das cidades no consórcio das suas dimensões múltiplas e inter-relacionadas.

A proposta apresenta-se desafiante, pois o tema Cidades não significa a eleição de uma superfície de consenso, mas a problematização dos seus papeis e dos seus rumos. Palco de infinitos desempenhos, demandam a investigação multidisciplinar e a vocação laboratorial.

Entende-se as cidades propagadas para além de sua dimensão física, inclusive a virtual, e vinculadas a esferas que poderiam lhes ser alheias, como por exemplo, a floresta e o agronegócio. Palco de infinitos desempenhos, demandarão a investigação multidisciplinar e a vocação laboratorial.

No conceito de cidade estão abrigados tanto a arquitetura quanto  os elementos da natureza e  uma ampla gama de conceitos vinculados à experiência espacial (lugar, território, paisagem) bem como  às frentes contemporâneas que os cotejam  (o não-lugar, o junkspace, a desterritorialização e outros).

Concede-se especial atenção ao edifício compreendido enquanto manifestação conexa à experiência urbana.

Projetos poderão  ser o foco do doutorado se contemplada a dimensão de configuradores da cidade. O curso estará atento  tanto a abordagens atuais e emergentes quanto aos processos criativos de abordar as cidades.

  1. Temporalidades e  Representações

Cidades sedimentam-se e mudam. Desenvolvem aptidões, posturas, destinos. A ênfase no processo leva à ideia da intervenção. Portanto, a linha estará atenta à possibilidade de compreender a investigação científica como ferramenta da prática. Na intenção de observar as cidades em movimento, espaço e tempo associam-se. A linha abordará a ideia de temporalidade entendendo o presente como a instância preferencial da história. Consideram-se as manifestações urbanas duradouras, mas também as circunstanciais, que se apresentam como bem comum e se formatam como patrimônio.

  2. Tecnologias

Compreendendo o termo tecnologia como elemento da vida de uma sociedade nas suas diversas dimensões, a linha de pesquisa tem como foco a avaliação e desenvolvimento de tecnologias que subsidiem uma mudança na atitude projetual e reflexão crítica acerca de seus processos e estratégias quanto ao impacto ambiental das intervenções humanas nas cidades, buscando, entre outros aspectos, o incremento nos níveis de desempenho e conforto ambiental de edificações e espaços urbanos, o aumento da eficiência energética e a racionalização das construções.