Você está aqui: Página Inicial / Pesquisa

Pesquisa

Apresentação
A Faculdade de Letras conta, atualmente, com onze grupos de pesquisa/estudos, divididos em seis linhas de pesquisa que compõem duas grandes áreas: Linguística e Estudos Literários.
PRELIN - Programa de Estudos Linguísticos
Grupo de Pesquisa Ensino e Aprendizagem de Línguas
O grupo de estudos Ensino e aprendizagem de línguas pertence ao Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística da Faculdade de Letras da UFAL. Está situado na linha de pesquisa "Linguística Aplicada" do mesmo Programa e tem participado ativamente das discussões relativas às questões relacionadas ao processo de ensino e aprendizagem de línguas (materna e estrangeira) e de outros temas relacionados a práticas de linguagem inseridos nas pesquisas desse grupo. Essa participação se dá através de apresentações em eventos nacionais e internacionais, da publicação de livros, capítulos de livros, artigos em periódicos, e, da articulação com o grupo de pesquisa da UFRN e o núcleo de estudos da UFPE. De 2014 a 2016, participou do Projeto CAPES/COFECUB, intitulado Representação do Discurso Outro (RDA) e discursividade escrita: estudo comparativo em francês e português brasileiro, coordenado pela UFPE e pela Université Sorbonne Nouvelle/Paris.
fonUFAL
O Grupo de Estudos em Fonética e Fonologia (FonUFAL) desenvolve pesquisas de caráter teórico-experimental, com foco na descrição e análise de aspectos fonéticos e fonológicos de variedades do português, do espanhol, do inglês, de línguas indígenas e de línguas de sinais. Trabalhos recentes incluem: o estudo do papel da prosódia na estruturação do discurso, na desambiguização de orações e na aquisição da linguagem; a documentação de línguas indígenas e de língua de sinais; a caracterização de erros no processo de ensino/aprendizagem de LA; a análise da laringalização no português, da duração no yaathe e da nasalização no português e no yaathe; a descrição da interlíngua de aprendizes do espanhol; o papel da fonologia frasal e da prosódia no processo de ensino/aprendizagem de LA. Página do grupo: http://www.fale.ufal.br/grupopesquisa/fonufal/
Línguas Brasileiras: análise, aquisição e ensino
O grupo objetiva agrupar projetos dedicados a: 1) descrição, análise e documentação de línguas brasileiras, incluindo-se o português, as línguas indígenas e a língua brasileira de sinais (libras); 2) aquisição da linguagem oral e escrita pela criança, a aquisição da escrita por jovens e adultos, a aquisição de libras e do português escrito pelo sujeito surdo, e 3) reflexão sobre teorias, métodos e epistemologia no campo da linguística e seus desdobramentos para o ensino de línguas
Grupo de Estudos em Discurso e Ontologia - GEDOM
Este grupo tem por objetivos desenvolver estudos e pesquisas na área de Análise do Discurso de linha francesa (AD), procurando, através de diversos tipos de materialidades (discurso político, midiático, educacional, jurídico, religioso, científico e discursos do cotidiano), desvelar os conflitos sociais na sociedade capitalista, com ênfase no sujeito de classe e nas relações de opressão que, em suas formas de manifestação discursiva, expressam a simultaneidade contraditória entre dominante e dominado.
Grupo de Estudos do Texto e da Leitura
Os estudos sobre texto, discurso, leitura, cognição, escrita, gêneros textuais e letramento são de extrema importância para os cursos de graduação e pós-graduação das áreas de Letras, LingUística e Educação, já que essas áreas são responsáveis pela formação de professores de línguas e literatura, além de outros educadores e profissionais que lidam com a questão da linguagem (alfabetizadores, redatores, revisores, dentre outros). O grupo de estudos aqui proposto deve se configurar como um espaço inter e multidisciplinar que deverá abranger estudos, pesquisas, eventos e publicações que terão como alvo principal os professores do ensino básico, alunos da graduação nas áreas referidas, cujos interesses se ligam a essa importante atividade humana ? a (língua)gem e a interação social, seus usos, modos, funções, construtos, suportes e mediações. Consideramos também que o referido grupo será uma forma de nossos programas de pós-graduação darem um efetivo retorno social, uma contribuição significativa para minimizar, de alguma forma, o atual quadro de crise em que se encontra o ensino na escola básica no nosso Estado.
Observatório da Linguagem em Uso
O presente grupo procura mostrar as relações estabelecidas no discurso em diversos contextos, sejam elas estabelecidas em salas de aula, consultas médicas, entrevistas jornalísticas, textos literários, contextos digitais, entre outros. Os/As pesquisadores/as do grupo também compartilham de reflexões sobre globalização, estudos culturais, pós-colonialismo e hibridismo cultural. A metodologia de cunho etnográfico, utiliza como instrumentos de coleta gravações em áudio e em vídeo, questionários, entrevistas e notas de campo, documentos e textos literários. Questões que afetam a linguagem em uso são o foco das pesquisas, analisando elementos como a relação entre linguagem e cultura, preconceito e tolerância na linguagem, preservação da face, crenças sobre a linguagem, letramento e multiletramentos e material digital. O grupo participa ativamente de seminários, congressos e eventos locais regionais, nacionais e internacionais. Há, também, uma crescente produção bibliográfica.
Literatura e Utopia
Formado em junho de 2000, o grupo de pesquisa Literatura e Utopia é registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa (CNPq/Brasil). Integram a nossa equipe pesquisadores/as (professores e estudantes) de cinco universidades brasileiras e uma norte-americana. Estruturado a partir de cinco linhas, as pesquisas do grupo tem como objetivo central reunir os vários projetos, já concluídos ou em andamento, estudar várias tradições, mo(vi)mentos, gêneros e/ou textos literários sob a perspectiva dos Estudos Culturais endos Estudos de gênero, observando as utopias e distopias da cultura e as interrelações entre cultura, literatura e utopia.
Mare&sal Estudos e Pesquisas Interdisciplinares
O grupo Mare&sal, criado em 1997, na UFAL, é interdisciplinar e desenvolve pesquisas em estudos de gênero associadas a várias áreas do conhecimento: literatura, psicanálise, direitos humanos sociais, filosofia e serviço social. Vincula-se ao PPG Letras, à Faculdade de Letras, onde atua a sua líder; à de Medicina, onde atua a vice-líder; vincula-se ainda às Unidades de Educação, C. Humanas, Comunic. Social e Artes, e Serviço Social, além do Núcleo Temático Mulher & Cidadania. O Mare&sal também colabora com outros grupos, como Literatura e utopia, da UFAL.O projeto "Resgate e representação da identidade de gênero de mulheres na ciência e nas artes", financiado pelo CNPq (1999-2001), envolveu a UFAL, UFBA e UFRPE, tendo resultado na publicação da Coleção Mare&sal (3 volumes). O grupo tem formado pesquisadoras/es da IC ao doutorado nas várias áreas do conhecimento. Conta hoje com seis pesquisador@s (+10 discentes) cujos projetos convergem para o feminismo em suas várias vertentes, em diálogo com outros campos do conhecimento. Sua líder é pesquisadora do CNPq, nível 2. O grupo reúne-se periodicamente para estudos e debates relacionados às pesquisas. Projetos atuais: 1)Traduções da cultura: uma antologia interdisciplinar ... (UFAL/UFSC, financ. CNPq); 2)Reconfigurações feministas na poesia de G. Nichols (financ. CNPq); 3) Corpo e exílio na narrativa de Lya Luft; 4) Compreendendo a realização progressiva do direito à alimentação ...: o caso das travestis em Maceió, Al (financ. da Sec. de Est. da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos); 5)Represent. sociais de gênero, étnico/raciais e de sexualidade entre os profissionais do magistério; 5)Identidades de gênero de jovens do sexo masculino, em Maceió:... (Edufal: 2009); O corpo em revista (Edufal: 2005) e a "Coleção Mare&sal" (Edufal/CNPq, 2002 e 2003).
Poesia Brasileira e História
Fundamentado em estudos de teoria e crítica literárias e em ensaios historiográficos, o projeto analisa obras poéticas com o propósito de pesquisar as relações entre Literatura e História – campo ainda pouco explorado na prática analítica. Seu corpus abrange poetas pertencentes às diversas tradições literárias que por aqui se constituíram desde o século XVIII, e vêm se formando na atualidade. Desenvolvida no local de trabalho (PPGLL/Ufal) da líder do grupo, a pesquisa manifesta interesse por poetas esquecidos, quase ausentes de nossa historiografia literária.
História e construção literária na prosa brasileira
O grupo de pesquisa, intitulado História e construção literária na prosa brasileira, está vinculado ao Programa de Pós-graduacào em Letras e Linguística da Universidade Federal de Alagoas, onde atua a líder do grupo. A pesquisa visa à análise dos elementos formais de textos literários brasileiros, examinados em correlação com seu quadro histórico de referência.