Você está aqui: Página Inicial / Informes / Mesa-redonda: Linguista sum
30/07/2018 19h07

Mesa-redonda: Linguista sum

No dia 1 de agosto de 2018, no auditório da Esenfar, PET-Letras organiza e realiza mesa-redonda direcionada a toda a comunidade acadêmica da FALE e a interessados/as nas ciências da linguagem

No dia 1 de agosto de 2018, no auditório da Esenfar, o PET-Letras organiza e realiza a mesa-redonda intitulada Linguista sum, com a presença das professoras Dras. Maria Fausta Pereira de Castro (Unicamp), Maria Francisca Lier-De Vitto (PUC-SP), e do professor Dr. Valdir do Nascimento Flores (UFRGS). Confira abaixo a apresentação do evento.

 

 

 

 

 

Linguista sum

 

Nos estudos da linguagem, o Curso de Linguística Geral (CLG), de Ferdinand de Saussure, é um clássico de valor incontestável, reconhecido como uma obra fundamental para a constituição da Linguística como ciência. Independente das controvérsias promovidas por diferentes interpretações das ideias de Saussure, é leitura obrigatória nos cursos de Letras e em algumas áreas afins, como Psicologia, Ciências Sociais e Comunicação.

Em 2016, quando se comemorou o centenário de publicação do CLG, um grande número de trabalhos foi apresentado em congressos, revistas acadêmicas e livros, reunindo pesquisadores do mundo inteiro que discutiam a atualização da obra. Isso foi possível a partir da descoberta, em 1996, de novos manuscritos que permitiram realizar pesquisas de natureza historiográfica, filológica e, principalmente, entender o pensamento de Saussure sem a intermediação de seus alunos e editores do CLG. Essa descoberta deixa em segundo plano a figura de “pai da linguística”, que estabeleceu as famosas dicotomias langue/parole e o princípio da arbitrariedade do signo, e promove novas interpretações de suas ideias sobre a linguística geral, relacionando-as, inclusive, aos estudos do texto e do discurso.

Na defesa da validade dessa discussão e de sua importância para os estudos da linguagem, Cruz, Piovezani e Testenoire (2016, p. 12) dizem sobre os laços que ligam passado e futuro: “conhecer o passado é um ponto de partida incontornável para reconhecer o que já fora feito, de modo que podemos identificar o que ainda resta fazer; para nos relembrarmos de nossos fundamentos e de nossas filiações (...); e, finalmente, para que nos desembaracemos de culpas e dívidas, de modo que possamos ultrapassar os limites que já não são mais os nossos”.

É considerando esse cenário que a mesa-redonda, intitulada Linguista Sum, expressão cunhada por Jakobson, um dos muitos herdeiros da linguística saussuriana, promove um debate sobre a contribuição de Saussure na linguística contemporânea. Com as participações do prof. Dr. Valdir do Nascimento Flores (UFRGS), da profa. Dra. Maria Fausta Pereira de Castro (Unicamp) e da profa. Dra. Maria Francisca Lier-De Vitto (PUC-SP), a pertinência do retorno ao pensamento saussuriano é posto em debate.