Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Histórico

Histórico

A história do CTEC/UFAL começa em 1955 com a criação da Escola de Engenharia de Alagoas, a qual teve seu fucionamento autorizado pelo Decreto No. 37.376 de 24 de maio de 1955. Naquela oportunidade foi implando o Curso de Engenharia Civil, o qual veio atender grande anseio da sociedade alagoana que antes via-se obrigada a encaminhar os jovens interessados nesse tipo de formação para estudarem em outros estados

A partir de 18 de dezembro de 1967, em face do Decreto No. 61.897 do Exceletíssimo Senhor Presidente da República, Marechal Arthur da Costa e Silva, a Escola de Engenharia passou a designar-se Faculdade de Engenharia.

Em 1986 foi criado o Curso de Engenharia Química por meio da Resolução No. 026/86 de 03 de setembro de 1986 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da UFAL. O projeto do curso em turno diurno foi aprovado 1989 e o turno noturno em 1997, por meio das resoluções No. 010/89 e No. 15/97, respectivamente, ambas do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da UFAL.

Durante a década de 1990 o CTEC/UFAL empreendeu um forte programa de qualificação do seu corpo docente, de forma que hoje dispõe de um grande número de professores com doutorado em diversas áreas do conhecimento. Como resultado deste processo, e em função da formação diversificada dos professores que atuavam nos cursos ofertados até então, foi proposta a criação de mais um curso de graduação a ser implantado na área de Meio Ambiente, visando atender, dessa forma, demanda da sociedade alagoana pelo desenvolvimento de políticas e de conhecimentos científicos, tecnológicos e social em prol da preservação dos recursos naturais, da qualidade de vida e do desenvolvimento sustentável.

Como resultado deste esforço, a resolução No. 20/2005-7 de 27 de julho de 2005 do CEPE aprovou a criação do Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental no CTEC/UFAL, o qual entrou em funcionamento no semestre seguinte, já no início do ano de 2006.

É importante destacar que o Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental do CTEC/UFAL foi implantado antes do Governo Federal instituir o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), o que só veio a ocorrer com o Decreto 6.096 de 24 de abril de 2007 do então Presidente da República, o Excelentíssimo Senhor Luiz Inácio Lula da Silva.

Dentro do programa de expansão implantado pela Universidade Federal de Alagoas por meio do REUNI, coube ao CTEC/UFAL a implantação do Curso de Engenharia do Petróleo, o qual iniciou suas atividades em 2011.

O Centro de Tecnologia conta atualmente com três programas de mestrado em pleno funcionamento, o primeiro deles é o Programa de Mestrado em Engenharia Civil/Estruturas (PPGEC), iniciado em 2002, o segundo é o Programa de Mestrado em Recursos Hídricos e Saneamento (PGRHS), iniciado em 2005, e o terceiro é o Programa de Mestrado em Engenharia Química (PPGEQ), iniciado em 2006.

O CTEC/UFAL mantém também um Programa de Doutorado em Materiais, o qual é ofertado conjuntamente com professores das Unidades Acadêmcias Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS), Instituto de Física (IF) e Instituto de Química e Biotecnologia (IQB).

Os engenheiros formados pelo CTEC/UFAL têm boa inserção no mercado de trabalho, ingressam com relativa facilidade nos mais renomados programas de pós-graduação do país, são regularmente premiados em congressos regionais e nacionais e participam ativamente do Programa Ciência sem Fronteiras, onde estão completando sua formação por meio do intercâmbio internacional com universidades européias e norteamericanas.

Os egressos dos programas de pós-graduação mostram-se profissionais ainda mais qualificados, alguns deles hoje trabalhando em importantes empresas de engenharia e vários deles integrando os quadros docentes de Universidades e Institutos Federais do país.

Os programas de extensão ofertados pelo CTEC/UFAL também vêm deixando uma marca de sucesso, principalmente no se refere ao fomento da Educação Científica e Tecnológica e à inclusão social de jovens da rede pública do Estado de Alagoas ao Ensino Superior, pois nos últimos anos cerca de 200 alunos que participaram desses projetos conseguiram ingressar na Universidade, a grande maioria deles em cursos de Engenharia, Matemática, Física e Química.

Entre as informações relevantes dentro desse cenário de inclusão social e de fomento científico promovido pelos programas de extensão do CTEC,  há que se destacar que entre os alunos que participaram dessas atividades na década de 1990 vários deles defenderam dissertações de mestrado e teses de doutorado e encontram-se hoje em plena atividade Brasil afora.

Tudo isso vem ajudando a consolidar o CTEC/UFAL como importante referência na região norte e nordeste e como centro que busca a excelência em Educação em Engenharia, de modo a poder contribuir cada vez mais e melhor com o desenvolvimento da sociedade alagoana, nordestina e brasileira.