Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação / Mestrado e Doutorado em Educação / Informes / Prêmio CAPES - Seleção interna
05/05/2019 20h24

Prêmio CAPES - Seleção interna

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação informa que encontra-se aberta a inscrição para a seleção interna da décima quarta edição do Prêmio Capes de Teses.

O prêmio de Teses da Capes tem uma seleção preliminar interna, e que no PPGE ocorrerá entre os dias 05 a 23 de maio, seguindo o seguinte calendário:

05 a 14 de maio, inscrições por meio do link: https://forms.gle/fFDXykmEXoJH4rxt9

15 a 21 de maio: seleção realizada pela Comissão

22 de maio: homologação pelo Colegiado Restrito

23 de maio: divulgação do resultado

Critérios de julgamento:

a) estarem disponíveis na Plataforma Sucupira da CAPES;

b) terem sido defendidas em 2018;

c) terem sido defendidas no Brasil, mesmo em casos de cotutela ou outras formas de dupla diplomação;

d) indicação de originalidade na ata de defesa;

e) não ter nenhuma nota inferior a "A" no histórico; e

f) ter concluído no prazo de até 48 meses.

Observação: é de total responsabilidade do ganhador o envio para a CAPES dos itens indicados no item 4.2 do edital no prazo estipulado.

Confira o edital em: Edital nº 6/2019.

Dúvidas poderão ser encaminhadas para o e-mail: secretariappge@cedu.ufal.br

 

 

Confira na íntegra a notícia publicada pela Capes:

As inscrições para a 14º edição do Prêmio CAPES de tese vão até o dia 31 de maio e podem ser feitas pelo site http://pct.capes.gov.br/inscricao A premiação condecora teses de doutorado defendidas em 2018, conforme regulamento publicado no Edital nº 6/2019.

Em 2019, a avaliação das teses será feita entre junho e agosto. O resultado está previsto para o dia 6 de setembro e a cerimônia de entrega para 12 de dezembro, em Brasília. Serão 49 premiados, com uma tese em cada área de avaliação e até duas menções honrosas por área.

Nesta edição, o Prêmio conta com quatro parceiros: os Institutos Serrapilheira e Ayrton Senna, a Comissão Fulbright e a Fundação Carlos Chagas.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)