Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação / Mestrado e Doutorado em Educação / Informes / Gupo de pesquisa cria canal no Youtube para divulgação científica
01/08/2019 14h52

Gupo de pesquisa cria canal no Youtube para divulgação científica

A divulgação científica tem um papel essencial para aproximar a população do conhecimento que foi e vem sendo produzido pela humanidade e, particularmente, por cientistas. Neste sentido, o Grupo EDIFQUICI – Educação e Difusão em Química e Ciências, coordenado pelo professor Dr. Wilmo Ernesto Francisco Junior, buscou criar os canais Arte comCiência (https://www.youtube.com/channel/UCyz1BhBa0G00YXhZOfvgpXw) e @poesiacomciencia, com o propósito de aumentar as possibilidades de comunicação com a população, especialmente por meio de temas que envolvam as ciências naturais.

Se por um lado, expressões como “Provado cientificamente!!! Produto sem Química?!!!? Gênios?! Loucos!”, giram em torno do ato de produção do conhecimento, nem sempre se percebe uma pertinente compreensão de suas finalidades e importâncias. Nesse mesmo lado da moeda, cabe aos cientistas tomar essa responsabilidade como componente fulcral do seu trabalho: se cientistas não mostrarem a população a importância da ciência e do seu trabalho, quem mais poderá fazer e com qualidade?

Segundo o Prof. Wilmo, "É lógico que divulgadores da ciência nos meios jornalísticos também contribuem (e devem), mas essa responsabilidade precisa ser equacionada. Historicamente, a sociedade nunca participou ativamente ou se comprometeu com a ciência, apensar de usufruir de suas conquistas e comodidades (energia elétrica, medicamentos, exames, Internet), bem como seus obscurantismos (agrotóxicos, bombas). Em parte, isso se deve ao pouco acesso e interesse das pessoas. É exatamente aqui que entra o papel da comunidade científica, como formadora de opiniões num diálogo crítico e necessário com a sociedade".

Novos canais de comunicação, em especial com apoio das tecnologias digitais, podem ser ferramentas que proporcionam o maior contato da população com temas ligados à ciência.

O Prof. Wilmo Francisco, que é membro do PPGE e também do PPGECIM, sendo seu atual coordenador., informa que já se encontra disponível o primeiro vídeo, retrantando a exploração de ouro por meio de dragas no Rio Madeira, em Rondônia, que pode ser usado livremente para fins educacionais.

Confira em: https://www.youtube.com/channel/UCyz1BhBa0G00YXhZOfvgpXw