Você está aqui: Página Inicial / Qualidade de Vida / Vigilância e Promoção em Saúde / Avaliações Ocupacionais para Redistribuição

Avaliações Ocupacionais para Redistribuição

Solicitadas por orientação do órgão de destino do servidor em processo de redistribuição.

Caso o trabalhador da UFAL, em processo de redistribuição, precise obter um Atestado de Saúde Ocupacional - ASO, deve proceder da maneira descrita a seguir.

I. Realizar exames laboratoriais e obter resultados. Os exames que baseiam essa avaliação são os listados abaixo:

EXAME

VALIDADE

Hemograma completo

3 MESES

Glicemia

Urina tipo I (Elementos Anormais e Sedimentoscopia - EAS)

Creatinina

Colesterol total e triglicérides

AST (Transaminase Glutâmica Oxalacética - TGO)

ALT (Transaminase Glutâmica Pirúvica - TGP)

Citologia oncótica (Papanicolau), para mulheres

SERVIDORES COM MAIS DE QUARENTA E CINCO ANOS DE IDADE, ADICIONAR:

Oftalmológico

1 ANO

SERVIDORES COM MAIS DE CINQUENTA ANOS, ADICIONAR:

Pesquisa de sangue oculto nas fezes (método imunocromatográfico);

1 ANO

Mamografia, para mulheres

1 ANO

PSA, para homens.

3 MESES

 

II. Iniciar processo administrativo, anexando requerimento próprio e documento do órgão de destino em que se indica a necessidade de apresentação de ASO.

Como requerimento, pode-se usar o formulário de Requerimentos Diversos, disponível na página da UFAL na Internet.

III. Encaminhar processo ao DAP, onde será anexada ficha com seus dados funcionais básicos. Depois o DAP encaminhará o processo à Unidade SIASS.

IV. Quando tiver os resultados dos exames, o interessado deverá contatar o SIASS para agendamento da avaliação de Medicina do Trabalho; depois comparecer no dia agendado, com os exames. Então será avaliado e poderá obter via impressa do ASO.