Você está aqui: Página Inicial / Capacitação / Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

1. Dependentes do servidor podem fazer os cursos ofertados pela PROGEP?

Não, por não se tratar de cursos de extensão. A natureza da verba empregada nos cursos de capacitação da PROGEP restringe a sua aplicação ao treinamento e capacitação do servidor.

2. Se o servidor não puder efetivar sua inscrição pessoalmente como deve proceder?

O servidor que não puder comparecer pessoalmente para efetivar sua inscrição poderá encaminhar uma autorização por escrito nomeando um representante para este fim.

3. Caso haja necessidade de um treinamento específico que não conste no Plano Anual de Capacitação, é possível a abertura de novos cursos?

Sim, desde que identificada à necessidade Institucional.

4. Cursos realizados por outras instituições são válidos para a progressão por capacitação?

Sim, desde que observados os pré-requisitos para a progressão, previstos no Plano de Carreira para os Cargos Técnico Administrativos em Educação – PCCTAE.

5. Como proceder ao cancelamento da participação nos cursos?

Para o cancelamento de inscrição antes do início do curso, o servidor deverá contatar a Gerência de Capacitação para formalizar a sua solicitação. Após o início do curso, o servidor deverá entregar uma via impressa do formulário de desistência na Gerência de Capacitação. No caso de servidores desistentes que não justifiquem o abandono, perderão o direito de se inscreverem nas capacitações no período de 01(um) ano a contar da data de término do curso evadido.

6. Existe fila de espera para os cursos de capacitação?

Não. No caso de o número de inscritos ultrapassar o número de vagas, a GC estudará a viabilidade de cada caso, respeitada a ordem das inscrições e a relação direta do curso com o exercício do cargo.

7. O servidor em licença para tratamento de saúde pode realizar os cursos de capacitação?

Não, salvo com parecer expedido pela junta médica atestando que o servidor apresenta condições para a participação nos cursos.