Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / 4 / Indígenas Xucuru Kariri participam de debate e exposição com estudantes de História
19/04/2018 15h13 - Atualizado em 20/04/2018 17h44

Indígenas Xucuru Kariri participam de debate e exposição com estudantes de História

Atividade marca a celebração do dia do Índio

Índio Xucuru Kariri destacou que a luta é diária para preservar a cultura e a terra. Foto: Benjamin Rocha

Diana Monteiro - jornalista

 

Bate-papo, apresentação artístico-cultural e exposição de artesanato marcaram a celebração alusiva ao Dia do Índio, comemorado nesta quinta-feira, 19 de Abril. A atividade acadêmica, realizada na noite de quarta-feira (18), no auditório do Instituto de Ciências Humanas Comunicação e Artes (ICHCA), no Campus A. C. Simões, integra a disciplina História Indígena, ministrada apela professora Michelle Reis de Macedo e foi protagonizada por indígenas da etnia Xucuru kariri, da aldeia Coité, localizada no município de Palmeira dos Índios.


“A iniciativa de convidá-los foi dos próprios estudantes. Os indígenas tiveram um bate-papo conosco, respondendo perguntas e tirando as dúvidas sobre a cultura deles e a luta política cotidiana pala reconquista de suas terras. A aula foi dada por eles e considero que a Universidade Pública precisa promover mais eventos como esse, momentos ricos de troca de conhecimento com a sociedade”, destaca a professora Michelle Reis.


Outro momento enriquecedor e de aprendizado que marcou a programação foi a apresentação do Toré, traço característico do ritual de índios do Nordeste, que mistura dança, música e conexão com antepassados. Também aconteceu uma exposição de utensílios e artesanato produzidos pela própria aldeia.


Luta contínua

Durante o bate-papo os indígenas agradeceram ao convite recebido e aproveitaram para tecer críticas à falta de reconhecimento e valorização às suas principais causas, como saúde, educação e demarcação das terras e pelo pouco apoio recebido do governo federal. "Não queremos ser lembrados só no dia 19 de abril", disseram os índios. Mesmo com essa realidade, eles afirmaram que continuam firmes e unidos na luta para preservação cultural e reconhecimento de seus direitos.

 

SBPC Afro e índigena

O Vice-reitor José Vieira, coordenador local da 70ª Reunião Anual da SBPC participou da atividade acadêmica e aproveitou para divulgar para os estudantes que o grande evento científico também vai abrir espaço para os estudos temáticos. "A SBPC Afro e Indígena será palco de importantes debates sobre o cenário nacional das lutas e resistências do povo indígena e dos afrodescentedentes", destacou Vieira