Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / 4 / Ex-aluna de graduação EaD conclui mestrado em Ensino de Ciências e Matemática
17/04/2018 14h17

Ex-aluna de graduação EaD conclui mestrado em Ensino de Ciências e Matemática

Jenekésia Lins, agora mestre, pretende seguir carreira acadêmica

Por Ascom Ufal

A história de amor por tecnologia e ciências exatas de Jenekésia Lins da Silva começou nos bancos das escolas públicas. Em 2010, a filha de capoteiro e agente comunitária, residente de Matriz de Camaragibe, ingressou no curso de Licenciatura em Física da Ufal pela Universidade Aberta do Brasil, no Polo Maragogi. Apesar das dificuldades enfrentadas durante a graduação, a jovem conseguiu concluir o curso e passar na seleção do mestrado já no ano seguinte. A graduação EaD forneceu subsídios para a estudante participar, com sucesso, das três etapas de avaliação: prova de conhecimentos específicos, prova de títulos e proficiência.

“Quando as inscrições do PPGECIM (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Ufal) abriram, eu fiz e fui aprovada. No período de formação, foram muitas dificuldades enfrentadas, pois trabalhava 40h como professora monitora de segunda a quarta, os três horários e muitas vezes não dormia para dar conta das atividades da escola e do mestrado. As aulas aconteciam nos dias de quinta e sexta e sempre acordava as 3h40min para pegar o transporte chegar à Ufal às 8h. Mas nesse período não faltei as aulas”, recorda orgulhosa.

Durante seu mestrado, a estudante focou suas pesquisas em tecnologias móveis para o processo de aprendizagem, criando, inclusive, um aplicativo para o ensino de física com o apoio da Fábrica de Aplicativos, o Aprendendo Física. Agora pretende seguir a carreira acadêmica e já fez a inscrição para a seleção de doutorado. “Desejo continuar minhas pesquisas sobre o uso das tecnologias digitais e a perspectiva do uso de robótica educacional par o ensino de física”, finalizou.

“O caso de Jenekésia revela que a EaD, quando executada com compromisso e seriedade, apresenta impacto social importante no acesso à educação superior, em vários níveis, do ensino técnico à pós-graduação strictu sensu. O sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), implementado na UFAL desde 2006, vem contribuindo para esse propósito, possibilitando que os alagoanos tenham a oportunidade de formação profissional pública e de qualidade, com perspectivas, inclusive, para inserção na carreira acadêmica”, destacou Diego Souza, coordenador da CIED.