Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 9 / Sesc oferece ampla programação na 8ª Bienal de Alagoas
13/09/2017 14h11 - Atualizado em 15/09/2017 12h09

Sesc oferece ampla programação na 8ª Bienal de Alagoas

Palestras, rodas de leitura, oficinas, saraus e outras atividades estarão presentes no espaço reservado para a Instituição

Sesc é mais uma vez parceiro na Bienal de Alagoas. Foto: Mitchel Leonardo

Thamires Ribeiro – estagiária de Jornalismo

A 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que acontece entre os dias 29 de setembro e 8 de outubro no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, contará, novamente, com a parceria do Serviço Social do Comércio (Sesc-Al). Como em outras edições, desde 2007, o Sesc traz uma programação dinâmica e variada, voltada para os diferentes gostos e idades, com palestras, grupos de trabalho, rodas de leitura, oficinas, saraus literários, narrações de histórias e a presença da Bibliosesc, a biblioteca volante. 

"O foco continuará sendo destacar o autor e o livro em si, sem o objetivo de sua comercialização. Ressaltando o desejo pelo mesmo, pelas vivências leitoras, criando um relacionamento mais prazeroso com os indivíduos”, enfatiza o analista em literatura do Sesc Alagoas, Guilherme Ramos.  

Nesta edição, artistas literários de Alagoas e de outros estados estarão presentes no stand do Sesc. Entre eles, o produtor cultural Julien Costa, a artista plástica Myrna Maracajá (PE), o poeta Aluísio de Paula (PR), o ator Toni Edson (SC), o cantor Richard Serraria (RS), e os escritores Ricardo Lísias (SP), Jean Albuquerque, Luci Collin (PR), Carlito Lima, Sonia Rosa (RJ), Leonardo Villa-Forte (RJ), Natália Agra, Marcelino Freire (PE), João Anzanello Carrascoza (SP), Walfredo Luz, Mário Rodrigues (PE), Franklin Carvalho (BA) e Dennis Randünz (SC).  

Além da participação na Bienal, o Sesc desempenha outras ações de incentivo à leitura. De acordo com Guilherme Ramos, após a Bienal, serão realizadas duas semanas dinâmicas em escolas da rede pública do Estado e instituições atendidas pelo Programa Mesa Brasil Sesc. “A ideia é tornar o relacionamento entre autor-livro-leitor mais prazeroso, capaz de permanecer na memória afetiva, através de uma programação especial para os jovens alagoanos, pois, esses serão os escritores/leitores do futuro”, afirmou o analista em leitura.

O espaço Sesc, ficará localizado na sala Mangaba, e disponibilizará atividades das 10h ás 22h, a partir do dia 30 até o último dia do evento.

Mais informações sobre a programação, podem ser conferidas no site do Sesc

Confira a programação completa da 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas.