Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 8 / Abertas as inscrições para Simpósio de Aquicultura Sustentável e Ecotoxicologia Aquática
25/08/2017 08h42 - Atualizado em 31/08/2017 08h33

Abertas as inscrições para Simpósio de Aquicultura Sustentável e Ecotoxicologia Aquática

Evento será no dia 28 de setembro, no Centro de Ciências Agrárias (Ceca) e oferta 130 vagas

Simpósio será realizado no Ceca

Diana Monteiro - jornalista

Alagoas é conhecido como o Estado das Águas, apresentando grande potencial para aquicultura e pesca e assim se destaca devido à disponibilidade de recursos hídricos e variabilidade de espécies aquícolas. As pesquisas apontam que a cada ano, mesmo com a potencialidade existente, os recursos pesqueiros estão depreciando e como alternativa para a recuperação desses estoques, a inserção da aquicultura é considerada pelos estudiosos dessa área como importante para alavancar e incrementar a produção aquícola, refletindo positivamente na economia local. 

Para debater a viabilidade e importância dada à aquicultura em todo processo de desenvolvimento e crescimento econômico e social, a Universidade Federal de Alagoas vai realizar, dia 28 de setembro, o 1º Simpósio de Aquicultura Sustentável e Ecotoxicologia Aquática. As inscrições para as 130 vagas já estão abertas.

Clique aqui para se inscrever e ter mais informações.

O evento terá como local o auditório do Centro de Ciências Agrárias (Ceca), em Rio Largo e transcorrerá das 8h30 às 16h30. A palestra de abertura será feita pelo professor Carlos Azevedo, da Universidade do Porto (Portugal), que enfocará o tema Aspectos morfológicos ultrasestruturais e filogenéticos das microparasitoses da fauna icitiológica brasileira.

Segundo o professor Emerson Soares, coordenador do Laboratório de Aquicultura (Laqua) da Ufal e referência na área, o simpósio tem como propósito divulgar, discutir e disseminar as recentes inovações tecnológicas utilizadas na aquicultura, que envolvem: biossegurança, toxicologia na aquicultura, cultivo de organismos aquáticos, alimentos alternativos utilizados na nutrição de organismos aquáticos e aproveitamento do pescado.

O simpósio tem como público- alvo alunos dos cursos de graduação em Zootecnia, Agronomia, Técnico em Agropecuária e de pós-graduação em Zootecnia, profissionais da Cadeia Produtiva da Aquicultura, e ainda  profissionais de outras áreas interessados no assunto. “O objetivo maior é reunir e estimular os participantes, tornando conhecidas as mais recentes inovações tecnológicas e pesquisas voltadas para produção, transformação e sustentabilidade dos organismos aquáticos”, reforça o pesquisador Emerson. Os participantes terão direito a certificado. 

Vários pesquisadores da Ufal e de outras universidades do país com estudos científicos voltados à área de Aquicultura também serão palestrantes, como: Sônia Salgueiro Machado, do Instituto de Química e Biotecnologia (IQB); Elton Lima Santos e Misleni Ricarte de Lima, do Ceca; Petrônio Alves Coelho Filho, da Unidade Penedo; Jerusa Maria de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Minas Gerais; e Carlos Alberto Silva, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).