Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 6 / Reitora da Ufal apresenta nova superintendente do Hospital Universitário
14/06/2017 16h59 - Atualizado em 19/06/2017 12h23

Reitora da Ufal apresenta nova superintendente do Hospital Universitário

Em entrevista coletiva à imprensa, Valéria Correia destacou a importância do trabalho conjunto pelo HU

Reitora concedeu entrevista coletiva à imprensa alagoana - Foto: Rafael Maynart (cortesia)

Lenilda Luna - jornalista

Em entrevista coletiva à imprensa alagoana, realizada nessa quarta-feira (14), a reitora Valéria Correia, acompanhada do vice-reitor José Vieira, apresentou a nova superintendente indicada por ela para assumir a superintendência do Hospital Universitário Alberto Antunes (HUPAA). 

Regina Maria dos Santos, que já integrava a equipe de gestão do HU, é doutora em Enfermagem e professora da Escola de Enfermagem e Farmácia (Esenfar) da Ufal há mais de 40 anos. "Agradeço a confiança que a reitora Valéria Correia deposita em meu nome e deixo claro que continuar esse trabalho no HU será possível pela gestão participativa que foi instaurada pela professora Fátima Siliansky, onde todas as informações eram compartilhadas", declarou a nova gestora do HU.

A reitora Valéria Correia ressaltou a importância de superar a crise criada pela exoneração da professora Fátima Siliansky, no dia 6 de junho. "Na reunião que tivemos em Brasília, com a direção nacional da Ebserh, os motivos da exoneração não foram esclarecidos, mas enfatizamos a importância de defender a autonomia universitária, que foi ferida nesse episódio. Também defendemos a liberdade de expressão do pensamento crítico que é próprio do ambiente universitário", destacou a reitora.

Na coletiva, os gestores da Ufal e a nova superintendente do Hospital Universitário enfatizaram  que a meta agora é superar qualquer instabilidade criada no ambiente de trabalho para continuar a prestar um serviço de qualidade essencial para a população alagoana. "Esse é um hospital de referência para os usuários do Sistema Único de Saúde e é também um hospital escola, que deve estar aberto à formação profissional e pesquisas no campo da Saúde. Todos os trabalhadores deste hospital são importantes, independente do vínculo empregatício", finalizou a reitora.

Assista na íntegra aqui.