Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 6 / Estudante de Engenharia da Computação é premiado pela SBMAC
23/06/2017 10h21 - Atualizado em 26/06/2017 11h53

Estudante de Engenharia da Computação é premiado pela SBMAC

Israel Vasconcelos foi o segundo colocado na categoria de Iniciação Científica

Israel Vasconcelos (à esquerda) foi orientado pelo professor André Aquino do IC

Thamires Ribeiro – estagiária de Jornalismo

Cursando o 8° período do curso de Engenharia da Computação na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Israel Vasconcelos foi o segundo melhor colocado no prêmio Beatriz Neves da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC). Monitoramento ambiental utilizando redes de sensores sem fio tolerantes a atrasos foi o título do trabalho premiado na categoria Iniciação Científica do prêmio, orientado pelo professor André Aquino do Instituto de Computação (IC).

De acordo com o estudante, o trabalho submetido por ele apresenta uma metodologia para avaliação de técnicas de amostragem e processamento de dados em redes de sensores. “As aplicações incluem monitoramento ambiental e urbano em áreas esparsas, detecção de eventos e controle em áreas de risco. A pesquisa investiga fatores de interferência nesses ambientes de estudo, e contribui com técnicas que proporcionam um funcionamento mais eficiente dessas aplicações”, declarou.

Israel Vasconcelos explicou que houve um longo caminho até chegar nessa premiação. Segundo ele, o trabalho vem sendo realizado desde 2013, e seus últimos ajustes foram no início deste ano, mas alegou que esse tempo foi necessário para “aprimorar todas as etapas do projeto e atingir um nível de maturidade que justifica os resultados que obteve durante seu desenvolvimento”. Ele afirmou ainda que este trabalho já ganhou o prêmio de melhor artigo na 14° Escola Regional de Computação Bahia – Alagoas – Sergipe (Erbase) em 2014, rendeu publicações em duas conferências internacionais no ano de 2015 e recebeu excelência acadêmica no Encontro de Iniciação Científica da Ufal nos anos de 2014, 2015 e 2016.

“Essa premiação é especialmente gratificante, e o fator de maior importância é o reconhecimento de que é palpável desenvolver trabalhos de alto nível e com relevância na comunidade acadêmica dentro da nossa Universidade. E isso não é um caso isolado, já que temos excelentes grupos de pesquisa e muitas pessoas atuantes dentro de suas áreas”, declarou o estudante. E complementou: “Isso é algo que considero motivador, e não apenas para mim, pois espero também que essa visão se torne cada vez mais difundida entre os colegas estudantes, e assim, mais trabalhos vindos da Ufal ganharão relevância”.

O aluno de Engenharia conta que para a realização do trabalho obteve uma significativa assistência do grupo de pesquisa do qual faz parte, o SensorNet, do Laboratório de Computação Científica e Análise Numérica da Ufal (Laccan), e do seu professor e orientador André Aquino. “Isso se deve ao fato de ter me proporcionado todo o suporte necessário, tanto em termos de estrutura física e ferramental, quanto na definição das diretrizes corretas para o desenvolvimento das linhas de pesquisa, além de excepcional dinâmica de trabalho”, complementou.

Premiação

O prêmio será entregue na solenidade de abertura do 37° Congresso Nacional de Matemática Aplicada e Computacional 2017 (CNMAC), realizado pela SBMAC, que irá acontecer entre os dias 19 a 22 de setembro em São José dos Campos (SP). O evento acontece anualmente e tem por objetivo reunir professores, estudantes, pesquisadores e profissionais de empresas e centros de pesquisa que envolvem as diversas áreas da Matemática Aplicada e Computacional, para divulgar e discutir os resultados das pesquisas realizadas pelos participantes.