Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 5 / Solenidade inaugura Fórum de Saúde Mental da Ufal
30/05/2017 15h23 - Atualizado em 31/05/2017 16h42

Solenidade inaugura Fórum de Saúde Mental da Ufal

Espaço reúne pesquisadores, estudantes e sociedade civil para discutir políticas de saúde mental em Alagoas

Em 2016 a Ufal teve cerca de 1.190 afastamentos por motivos de saúde

Letícia Sant’Ana - estagiária de Jornalismo

Nesta segunda-feira (29), foi realizada a solenidade de abertura do Fórum de Saúde Mental da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), no auditório Nabuco Lopes, na Reitoria. O espaço reúne representantes da Universidade, pesquisadores, estudantes e sociedade civil para discutir questões relacionadas às políticas de saúde mental em Alagoas. A reitora Valéria Correia deu início à mesa reforçando a importância do Fórum para a história da Ufal. “Nossa responsabilidade institucional, principalmente na atual conjuntura, é de pensar a saúde mental para a Universidade e para o Estado”, afirmou.

A pró-reitora estudantil Silvana Medeiros descreveu o Fórum como um espaço de luta pelo direito à saúde e de construção de políticas nesse sentido dentro da Universidade. “Em uma pesquisa realizada com estudantes das universidades federais brasileiras, foi observado que 79% dos entrevistados afirmaram ter dificuldades emocionais, relatando um conjunto de situações de ansiedade, fobias e traumas. É o momento de pensar quais situações nos adoecem. Temos que ter ambientes que produzem saúde e acredito que esse seja o desafio deste Fórum”, defendeu.  

No ano passado, a Ufal teve cerca de 1.190 afastamentos por motivos de saúde e a segunda justificativa mais apresentada está relacionada à saúde mental. Os dados foram apontados pela pró-reitora de Gestão de Pessoas e do Trabalho Carolina Abreu. “Passamos boa parte do tempo no trabalho, então é necessário termos uma perspectiva de qualidade de vida, por isso precisamos discutir as questões da saúde mental dentro da instituição”, reforçou.

Também estiveram presentes na mesa de abertura do Fórum de Saúde Mental a professora  Regina Maria dos Santos, gerente de Ensino e Pesquisa do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA/Ufal); professora Rosa Prèdes, diretora da Faculdade de Serviço Social (FSSO); Flávio Domingos, pró-reitor de Gestão Institucional; Teresa Cristina, assistente social da Secretaria Municipal de Saúde (SMS); e Wellington Rafael, da Associação de Usuários e Familiares de Usuários dos Serviços de Saúde Mental de Maceió (Assuma).

A solenidade foi encerrada com uma apresentação cultural do coral Vôa Vôa, do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Noraci Pedrosa, localizado no Conjunto José da Silva Peixoto, no Jacintinho, sob a regência do maestro Jailton Freitas.