Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 5 / Mestrado Profissional em Saúde da Família realiza encontro presencial
08/05/2017 10h22 - Atualizado em 08/05/2017 16h47

Mestrado Profissional em Saúde da Família realiza encontro presencial

Programa da rede Profsaúde na Ufal conta com estudantes de Alagoas e Sergipe

Presentes as professoras Márcia Lopes, da Abrasco; Graça Gondim, da Fiocruz, e os docentes da Ufal Jorge Luiz Riscado, Divanise Suruagy, Cristina Cam

Ascom Ufal

O primeiro encontro presencial do Mestrado Profissional em Saúde da Família (MPSF), promovido em rede nacional Profsaúde, foi realizado nos dias 4 e 5, no mini auditório Úlpio Miranda, antigo Csau, no Campus A.C. Simões. Dos alunos selecionados pela Ufal, quatro são de Alagoas e três de Sergipe.

Estiveram presentes as professoras Márcia Lopes, da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco); Graça Gondim, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e os docentes da Ufal Jorge Luiz Riscado, Divanise Suruagy, Cristina Camelo, Maria das Graças Monte e Josineide Sampaio.

O Mestrado Profissional em Saúde da Família é um curso semipresencial que visa proporcionar a formação para profissionais atuantes na Atenção Básica à Saúde (ABS). A Universidade Federal de Alagoas, por meio do Núcleo de Saúde Pública (Nusp) da Faculdade de Medicina (Famed) vem participando do processo de elaboração do programa desde seu início.

“Esta formação deve estar articulada com a prática na Atenção Básica em Saúde, bem como com o exercício na docência e na supervisão dos profissionais da rede básica de saúde egressos dos projetos estratégicos dos Ministérios da Educação e da Saúde”, explicam os professores.

O mestrado segue os objetivos do Programa Mais Médicos, como parte de uma perspectiva de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), e que prevê aperfeiçoar médicos para atuação nas políticas públicas de saúde do país e na organização e funcionamento do SUS. Inicialmente o Profsaúde será destinado à formação de médicos e, em seguida, contemplará as demais categorias profissionais que atuam na ESF.

O projeto pedagógico oferece atividades didáticas, presenciais e à distância, organizadas em disciplinas obrigatórias, eletivas e Trabalho de Conclusão de Curso, conforme a matriz curricular definida pela Comissão Acadêmica Nacional.