Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 11 / Extensão da Ufal realiza curso voltado para o ensino de capoeira
14/11/2017 16h52 - Atualizado em 14/11/2017 16h54

Extensão da Ufal realiza curso voltado para o ensino de capoeira

Atividades proporcionam o contato entre iniciantes e grandes grupos de capoeira alagoanos

Curso de extensão é coordenado pelo Laboratório de Capoeira e Cultura Afro-brasileira Mestre Bené

Thamires Ribeiro – estagiária de Jornalismo

Com o objetivo de compartilhar vivências e informações sobre temas relevantes para a formação do capoeirista como educador, o grupo de capoeira Filhos da Angola em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) está realizando um curso de extensão sobre o ensino da capoeira. As aulas são voltadas para monitores, instrutores e professores de capoeira do estado.

O curso de extensão é coordenado pelo Laboratório de Capoeira e Cultura Afro-brasileira Mestre Bené, e de acordo com o coordenador do Laboratório, Rafael A. Belo, o principal intuito é “integrar o conhecimento acadêmico e o da cultura popular, a fim de contribuir na preparação de monitores, instrutores e professores de capoeira para atuar de forma crítica e responsável em espaços de educação formal e não-formal”.

Atividades já realizadas

As aulas foram divididas em três etapas. As primeiras atividades ocorreram em outubro, no município de Capela. Durante o curso foram discutidas as relações de gênero na capoeira, com a professora Pantera e Synara Holanda, e os conhecimentos da roda de capoeira com um ofício do mestre, apresentados pelos Mestres Diamante, Marco, João e Vermelho.

O segundo dia de atividades aconteceu ainda neste mês, no município de Boca da Mata. Foi realizada uma oficina teórico-prática sobre o uso do alongamento nas aulas de capoeira, ministrada pelo Mestre Marcos Apolonio. Houve ainda a exibição do documentário Sangue, suor e magia, debate sobre a história do Mestre Bené e exposição sobre a relação entre capoeira e educação através da articulação com a pedagogia de Paulo Freire, apresentada pelo professor Rafael A. Belo.

As últimas aulas do projeto acontecem ainda neste mês, em Maceió.