Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 11 / Aberto oficialmente o Circuito Penedo de Cinema
07/11/2017 09h06 - Atualizado em 08/11/2017 14h26

Aberto oficialmente o Circuito Penedo de Cinema

Solenidade foi realizada na noite desta segunda, na Praça 12 de Abril; programação ambiental teve início mais cedo

Autoridades participaram da solenidade de abertura do Circuito Penedo de Cinema na noite desta segunda-feira (6) no Centro Histórico de Penedo. Foto - Jônatas Medeiros

Deriky Pereira - Ascom Circuito

Na noite desta segunda-feira (6), foi aberto oficialmente o Circuito Penedo de Cinema. Na solenidade, realizada na Sala de Exibições montada na Praça 12 de Abril, diversas autoridades participaram e expuseram a importância da realização do evento na cidade ribeirinha.

“Eu quero agradecer a todos, quero dizer que Penedo recebe de braços abertos a todos nesse evento e que tenhamos uma semana bem frutífera para que possamos fazer cada vez mais cinema”, declarou o coordenador geral do Circuito Penedo de Cinema, professor Sérgio Onofre.

O coordenador da Unidade da Ufal em Penedo, Alexandre Oliveira, parabenizou a todos que fazem o Circuito. “Quero convidá-los a participar do evento, que seja proveitoso e muito bom. É emocionante um evento desse porte pra Penedo, aproveitem bastante”, declarou.

O presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, ressaltou que a entidade faz uma gestão sustentável dos recursos hídricos e, nesse trabalho, é importante contar com a importância da dimensão cultural. Ele também destacou a participação popular no evento que começa hoje e segue até sábado (11).

“O Rio São Francisco envolve histórias, sentimentos, e a criatividade das pessoas. Juntando o imaginário e a tarefa de mudar hábitos, nós chegamos aqui. Aqui é o ponto de confluência para mudar a realidade do dia a dia e as formas de fazer com que isso seja entendido. Então, nada melhor que a arte para fazer isso. Nesse sentido, o cinema pode nos ajudar, e muito, não só na criação de obras de arte, mas em documentários que tratam de ações ambientais. O nosso Comitê também patrocina a Mostra Ambiental e esperamos que a cada ano isso se torne mais conhecido”, disse Anivaldo.

Representando a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Paulo Poeta reforçou que a parceria entre Ufal e Governo do Estado não se dá apenas no Circuito, mas em outros eventos, tais como a última Bienal do Livro. Ele adiantou que um projeto especial está sendo desenvolvido para destacar eventos e acontecimentos neste ano que comemora o bicentenário de Alagoas. “Estamos vivendo os 200 anos [de emancipação política] de Alagoas e fazendo uma cápsula do tempo e vamos colocar tudo que aconteceu nas comemorações do bicentenário. Esse evento estará lá”, contou.

O prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, agradeceu aos penedenses por, a cada ano que passa, participarem ativamente do Circuito Penedo de Cinema. “Penedo vai, Penedo vem, Penedo é terra de quem quer bem. E ao povo ribeirinho do São Francisco que não foge a luta, eu quero parabenizar pela participação neste evento. Parabenizo também o trabalho do Comitê, quero dizer da minha alegria de a Ufal estar consolidada e solidificada em Penedo e é como um baluarte o resgate dos velhos festivais de cinema que vieram a se somar aos demais realizados. A gente fica muito feliz pelo evento, que se consolida como uma das maiores festas cinematográficas do país”, afirmou.

O vice-reitor da Ufal, José Vieira, reforçou a importância das parcerias para a realização de mais uma edição do Circuito. Cumprimentou o presidente do CBHSF pela defesa do Velho Chico e falou sobre o compromisso da Ufal com o Rio São Francisco. "Essa dedicação é mais que uma causa, é um ato de cidadania. E é um compromisso e um dever da Universidade dar visibilidade às questões do Velho Chico. Eu costumo dizer que a Ufal é a maior agente cultural de Alagoas. Mesmo assim, não poderia fazer nada sozinha e todos queremos o desenvolvimento cultural do Estado. Sérgio [Onofre] é um cara que persegue um sonho independente das tempestades, da gestão. Estamos em campos políticos diferentes, mas não temos como não reconhecer o esforço dele para o desempenho do evento”, enfatizou.

Vieira destacou, ainda, o investimnto em cultura. “Esse projeto tem o mais alto significado não só para Penedo como para o Brasil. O primeiro desafio nosso é fazer com que o gestores percebam que o patrimônio cultural é um investimento. E o prefeito [Marcius Beltrão] está junto conosco. Isso é muito importante, tem muito significado. Também quero dar um recado a quem está aqui, senhores, senhoras, por estarem desfrutando desse Circuito, vejam: quantas vezes viajamos quilômetros para assistir a bons espetáculos e a gente tem isso aqui. Hoje, Penedo exibe a cultura para aqueles que dela se deleitam. Em nome da Ufal, declaro aberto o Circuito Penedo de Cinema”, disse José Vieira. 

Isso posto, pontualmente às 20h30 desta segunda-feira (6),foi aberto, oficialmente, o evento que já faz parte do calendário cultural alagoano: O Circuito Penedo de Cinema começou! E começou com filme premiado. Após a solenidade de abertura, a Mostra de Longa-Metragem Nacional trouxe ao público a exibição de Como Nossos Pais.

Programação iniciou pela manhã com ação de limpeza no Rio São Francisco

O Circuito Penedo de Cinema realizou uma ação simbólica de limpeza das margens do Rio São Francisco em Penedo (AL), que reuniu cerca de 40 estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) do município.

Promovida por meio de parceria com o Programa de Educação Tutorial (PET) Conexões de Saberes da Unidade de Penedo da Ufal, a ação aconteceu em um trecho de 200 metros entre a Agência Fluvial da cidade e o local de embarque das balsas que transportam veículos para a cidade de Neópolis, em Sergipe.

O percurso pode parecer curto, mas foi suficiente para enxergar a dimensão de resíduos despejados nas margens do Velho Chico. Em pouco mais de uma hora de atividade, foram recolhidos 20 sacos de lixo com capacidade para 100 litros cada. Guarda-chuva, canos e restos de telhados de PVC, por exemplo, foram alguns dos objetos encontrados. Todo o material reciclável recolhido foi destinado à Casa do Bom Samaritano de Penedo.

Presente na ação, o estudante do 3º ano do Ifal, João Luís Vital, encontrou materiais de higiene pessoal. “É até inusitado, mas a gente viu um absorvente”, relatou. Para ele, essa é uma evidência da importância da ação. “Não é só pelo fato de vir e tirar o lixo, porque, infelizmente, a gente tem a certeza de que amanhã vai estar sujo de novo, mas de conscientizar as pessoas. É importante para a construção do caráter da gente”, pontuou João.

De acordo com o membro do PET Conexões de Saberes, Felipe Ananias, os estudantes envolvidos na ação precisam refletir sobre não jogar lixo nem no rio e nem nas ruas da cidade, visto que esses resíduos acabam chegando aos mananciais aquíferos quando são levados pela água da chuva. “A gente não espera resolver esse problema do rio, mas plantar uma semente para que os alunos reflitam e acabem mudando esse hábito aos poucos”, destacou.

A ação está integrada à 4ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, promovida pelo evento com total apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), um dos patrocinadores do evento. “Quisemos ir além da exibição dos vídeos e dos debates. É uma ação para que as pessoas comecem a ter um pouco mais de consciência sobre a importância do rio, chamar a atenção da população para o lixo despejado e qual é a consequência dele no meio ambiente. Queremos chamar atenção, além de divulgar a Mostra Ambiental e o Circuito”, explicou Karlinne Cordeiro, produtora do Circuito Penedo de Cinema e professora da Ufal.

A programação ambiental do evento continua a partir desta terça-feira (7) e segue até quinta-feira (9) com a 4ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, das 14h às 16h, na Sala de Exibições. A atividade contará com a exibição de três filmes convidados, 11 curtas-metragens que vão concorrer aos prêmios de melhor filme pelos Júri Oficial e Popular, além de debates com profissionais de instituições de ensino e órgãos ambientais.

Confira a programação da mostra ambiental no site www.circuitopenedo.com.br.