Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2014 / 09 / Livro de professor da Ufal abre nova coleção da Sociedade Brasileira de Matemática
18/09/2014 14h09 - Atualizado em 18/09/2014 16h54

Livro de professor da Ufal abre nova coleção da Sociedade Brasileira de Matemática

Coleção Fronteiras da Matemática, iniciada com os professores Krerley Oliveira e Marcelo Viana, é voltada a pesquisadores

Professor Kreyler Oliveira, do Instituto de Matemática

Lenilda Luna - jornalista

Lançada no início de setembro, a Coleção Fronteiras da Matemática, editada pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), tem como primeira publicação o livro Fundamentos da Teoria Ergódica, do professor Krerley Oliveira, do Instituto de Matemática da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e Marcelo Viana, pesquisador do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). A coleção é voltada para estudantes de pós-graduação em Matemática e pesquisadores.

Segundo o professor Kreyler, a Teoria Ergódica surgiu no final do século 19, com pesquisas do cientista francês Henri Poincaré, mas ganhou força na metade do século 20 com trabalhos das escolas russa e americana. "A americana deu origem à escola brasileira, que hoje tem cientistas renomados. É uma teoria que lida com fenômenos de uma complexidade muito alta, com muitas variáveis, que são tratados de maneira estatística, usando a teoria da medida", explicou.

Recentemente, um pesquisador brasileiro deu destaque internacional a essa área de pesquisa. Artur Ávila ficou conhecido como o primeiro latino-americano a receber a Medalha Fields, prêmio para matemáticos que é considerado como um Nobel nessa área científica. Marcelo Viana, que é coautor do livro na nova séria junto com o professor Kreyler, já teve a oportunidade de trabalhar com Artur Ávila em algumas pesquisas.

Uma década de trabalho

O livro, que abre a Coleção Fronteiras da Matemática, começou a ser escrito há dez anos. "O início foi quando o pesquisador Marcelo Viana ofereceu um curso na Universidade Federal de Pernambuco, em 2004. Desde então, passamos a trabalhar na ideia desse livro. Em 2005, eu realizei um curso já sobre as notas iniciais do nosso trabalho, no Colóquio Brasileiro de Matemática. Foram dez anos de trabalho intenso, o livro tem mais de 500 problemas resolvidos", ressaltou Kreyler.

Segundo Kreyler, antes mesmo de ser lançado, o material já foi usado como livro-texto de universidades nos EUA, Chile e Brasil. "Isso foi o que ficamos sabendo, mas desejamos que, agora que foi publicado por uma editora de referência na Matemática, como é a editora da SBM, esse livro seja adotado em cursos de várias universidades brasileiras e estrangeiras. Temos muito orgulho do nosso trabalho ter sido escolhido para abrir a coleção", disse o professor do Instituto de Matemática da Ufal.

Veja a apresentação do livro, considerado como um texto de acabamento primoroso que "apresenta uma visão notavelmente ampla e profunda dos fundamentos da teoria ergódica".