Você está aqui: Página Inicial / Apresentação

Apresentação

O que é a ASI?

A Assessoria de Intercâmbio Internacional (ASI) é o órgão responsável por todas as relações estabelecidas entre a UFAL e instituições de âmbito internacional. Tais relações abrangem desde acordos de cooperação, envolvendo pesquisas conjuntas, intercâmbios de alunos e organização de eventos, à visitas de personalidades internacionais à UFAL e à representação da UFAL em territórios estrangeiros através da figura de nossa Reitora e do Assessor Internacional.

A ASI, em parceria com diversos órgãos nacionais de fomento à cooperação internacional, vem disponibilizando informações relevantes à comunidade acadêmica e pretende elevar ao mais alto nível a cooperação entre a UFAL e instituições estrangeiras, trazendo benefícios não só para a universidade, mas também, e principalmente, para o nosso Estado.

Com a reestruturação da Universidade, a cooperação internacional também passou por mudanças internas. Agora chamada de Assessoria de Intercâmbio Internacional (ASI), passa a ser um órgão de assessoramento vinculado à Reitoria. Em 2007, a ASI passa a ser coordenada pelo Prof. Dr. José Niraldo de Farias.

 

Nossa história

Há mais de 40 anos o Brasil vem desenvolvendo parcerias com outros países ou instituições estrangeiras, com o efetivo objetivo de capacitar recursos humanos e técnicos através de experiências nesses locais, promovendo a troca de conhecimentos e a realização conjunta de atividades que venham a viabilizar aprimoramentos científico, técnico e educacional.

No Brasil, existe o órgão oficial responsável pela coordenação de todas as atividades relativas à cooperação internacional, é a ABC, Agência Brasileira de Cooperação, que integra a estrutura do Ministério das Relações Exteriores – MRE.

Na UFAL, a primeira atividade de cooperação de que se tem registro foi um Acordo de Cooperação com Universidade de Roma, em 1983. Nesta época, não havia um setor responsável pela cooperação internacional na Universidade. Apenas em 1984 a UFAL ganhou, em sua estrutura, uma coordenadoria responsável pela atividade, a Coordenadoria de Cooperação Técnica – CCT – ligada à Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa – PROPEP –.Em 1991, a CCT foi extinta e foi criada a Assessoria de Cooperação Internacional – ACI – órgão ligado à Pró-Reitoria de Planejamento e Coordenação Geral – PROPLAN –.Por volta de 1995, ainda ligada à PROPLAN, a assessoria passa a ser designada como Cooperação Técnica Interinstitucional.

Entre o final de 1996 e o início de 1997, a responsabilidade da Cooperação Internacional voltou para a PROPEP com a criação da Coordenadoria de Cooperação Internacional e Intercâmbio – CCII, órgão que funcionou até 2000, quando foi desativado.

Em 2004, a CCII foi reativada e suas atribuições integradas à Coordenadoria de Pesquisa, parte da estrutura da PROPEP, sendo assim a Coordenadoria de Pesquisa e Cooperação Internacional – CPCI.

Desde então, a CPCI vem implementando o exercício da cooperação internacional na Universidade com o objetivo de inserir cada vez mais a UFAL no contexto mundial, estreitando relações com diversas instituições internacionais de ensino e pesquisa e trabalhando para o crescimento da educação superior no Brasil e em Alagoas.

Topo